Skip to main content

As 9 cirurgias plásticas que mais deram errado na história humana

Por incrível que pareça, a cirurgia plástica nasceu na Antiguidade. No século VIII a. C., médicos indianos já realizavam reconstruções nasais e transplantes de pele. Ainda no século I a.C., os romanos desenvolveram técnicas de reconstituição de orelhas danificadas nas batalhas.

Em Bizâncio, o médico Oribasius criou a enciclopédia médica Synagogue Medicae onde já se falava das cirurgias plásticas e das técnicas de utilização de retalhos de pele e dos processos de sutura.

A Rinoplastia virou moda no século XVIII na Europa entre os veteranos de guerra que reconstituíam os narizes danificados nas guerras.

Como especialidade médica, a cirurgia plástica  surgiu na Primeira Guerra Mundial. Milhões de deformados e mutilados geraram uma demanda por reparações estéticas e procedimentos de reconstrução.

Com a popularização da cirurgia plástica nos dias de hoje, algumas pessoas viciaram tanto e fizeram tantas cirurgias plásticas que ficaram completamente deformados. Quando o objetivo era justamente o contrário.

1) Amanda Lepore.

2) Pâmela Anderson.

3) Pacientes insatisfeitos com os lábios.

4) Nikki Cox.

5) Kristina Rei.

6) Michael Jackson.

7) Michaela Romanini.

8) Jocelyn Wildenstein.

9) Donatella Versace.